domingo, 30 de março de 2014

BEM AQUI

Domingo, dia 30 de março. São dez horas da manhã. Acordei há pouco com uma sensação gostosa. Vontade de sorrir. Vontade de cantar. Vontade de viver. É tão simples e tão forte. Sou muito grato por tudo, por tudo.

Há quase dois meses estamos em Brasília. Esta cidade tão estranha no início, mas que aos poucos se tornou amigável. Um lugar cuja beleza se revela ora como esperança, ora como certeza de que o paraíso é bem aqui (dentro de mim). Hoje, finalmente, descanso nesta cidade.

Sim, tenho saudades da Bahia. Sinto falta de meu pai, minha filha, minha sobrinha. De Belo Horizonte, idem. Lembro-me de nossa cama, nossa sala, meu carro, do sofá quase quebrado. Mas há descobertas que são precedidas de saudade, de muita saudade. E hoje é assim.

E dessa forma vou ficar um pouco mais, com Time Out of Mind tocando na rádio, deixando meus olhos meio molhados, levando-me ao centro do espírito, deixando-me feliz, quase em êxtase: sorrindo, cantando, vivendo!

2 comentários:

  1. Belo texto. Realmente, o Plano Piloto é um lugar somehow introspectivo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E bonito.
      Bom vê-lo por aqui! Espero fazer mais vezes isso também!
      Aquele abraço!

      Excluir